sicnot

Perfil

Desporto

Real Madrid perde em Sevilha e deixa fugir o FC Barcelona

O Real Madrid perdeu hoje por 3-1 no reduto do Sevilha, depois de ter estado a ganhar, e cedeu a liderança da Liga espanhola de futebol ao campeão FC Barcelona, vencedor por 3-0 na receção ao Villarreal.

© Marcelo del Pozo / Reuters

Em vésperas de receber os catalães, a 21 de novembro, após os compromissos das seleções, os 'merengues' perderam a invencibilidade e sofreram quase tantos golos como os consentidos (quatro) nas primeiras 10 rondas, ficando a três pontos do 'onze' de Luis Enrique.

Cristiano Ronaldo ficou, uma vez mais, em 'branco', após exibição muito desinspirada, tal como o também internacional luso Pepe, que começou ao lado de Sergio Ramos, autor do golo inaugural, aos 22 minutos, numa jogada em que se lesionou, sendo substituído, aos 32, por Varane.

Apenas quatro minutos após a saída de Ramos, o italiano Ciro Immobile restabeleceu a igualdade e, na segunda parte, o argentino Éver Banega, aos 61, e o suplente Fernando Llorente, aos 74, completaram a reviravolta.

Na última jogada do encontro, o colombiano James Rodríguez - que regressou hoje aos relvados, entrando aos 63 minutos - ainda reduziu, com um remate colocado de fora da área, mas já era demasiado tarde para salvar qualquer coisa.

Ao contrário dos 'merengues', o FC Barcelona, que também tinha perdido em Sevilha (2-1), face ao agora 10.º colocado, conquistou os três pontos, passando a somar 27, contra 24 dos 'merengues', ao vencer em casa o Villarreal por 3-0, em mais uma grande tarde da dupla Neymar/Luis Suárez.

O brasileiro inaugurou o marcador aos 60 minutos e fechou as contas aos 85, com um golo do 'outro mundo', em que passou a bola por cima de Jaume Costa, deu uma volta de 360 graus sobre si mesmo e faturou sem deixar a bola cair.

Pelo meio, aos 70 minutos, o uruguaio, que fez a assistência para o 'bis' do avançado 'canarinho', marcou o segundo dos catalães, na transformação de um penálti, a castigar clara falta de Jaume Costa sobre Munir.

Na ausência de Lionel Messi, Neymar, com 10 golos e seis assistências em todas as provas, e Suárez, com 10 tentos e três passes decisivos, têm 'levado às costas' o 'Barça', que venceu oito de 10 jogos, cedendo apenas um empate e uma derrota.

Em exclusivo na Liga espanhola, Neymar, servido hoje no primeiro golo por Sergio Busquets, reforçou a liderança dos marcadores do campeonato, com 11 golos, enquanto Suárez segue pouco atrás, com nove. Ronaldo soma oito.

No terceiro posto, com 23 pontos, está, agora isolado, o Atlético de Madrid, vencedor por 1-0 na receção ao sporting de Gijon, graças a um golo do avançado francês Antoine Griezmann, aos 90+3 minutos.

Quando o 'nulo' parecia certo, Griezmann marcou de cabeça, no terceiro dos quatro minutos de descontos, assistido pelo central uruguaio Diego Godín, num embate em que o internacional luso Tiago jogou os 90 minutos.

Pela manhã, o Athletic de Bilbau ascendeu ao oitavo lugar, ao receber e bater o Espanyol por 2-1, com tentos de Iñaki Williams, aos oito minutos, e Raúl Garcia, aos 64. O paraguaio Hernán Pérez marcou para os forasteiros, aos 51.

Nos jogos de sábado, destaque para o Valência (agora sétimo, com 18 pontos), de Nuno Espírito Santo, que goleou fora o Celta de Vigo (caiu para quarto, com 21) por 5-1, com 'bis' de Dani Parejo e Paco Alcácer.

Pelo meio, no sexto lugar, segue o surpreendente Eibar, que vencer em casa o Getafe por 3-1.

Lusa

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional.