sicnot

Perfil

Desporto

Agência Mundial Antidopagem recomenda suspensão da Federação russa de atletismo

A Comissão Independente (CI) da Agência Mundial Antidopagem (AMA) recomendou hoje a suspensão da Federação russa de atletismo, por práticas de doping, assim como a retirada da acreditação ao laboratório de Moscovo.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Denis Balibouse / Reuters

A AMA tornou hoje público o relatório elaborado pela comissão, que acusa, entre outras coisas, os serviços secretos russos de intimidação e recomenda, igualmente, a suspensão para a vida de cinco atletas e cinco treinadores.

"A CI [Comissão Independente] recomendou que a IAAF suspenda a ARAF (Federação Russa de atletismo]", indica o relatório da órgão criado para investigar os casos.

Entre os atletas que a comissão quer ver afastados do atletismo está Maria Savanova, campeã olímpica dos 800 metros nos Jogos de Londres2012.

A agência mundial criou uma comissão de três elementos, chefiada por Dick Pound, justamente com o objetivo de investigar os casos de doping, trazidos a pública por uma estação televisiva alemã em dezembro de 2014.

De acordo com os responsáveis da Comissão, é muito claro que os casos de doping no atletismo russo "não poderiam ter acontecido" sem o conhecimento e consentimento do governo russo.

"Tudo isto não seria possível de acontecer sem o conhecimento das autoridades estatais", começou por dizer Dick Pound à imprensa, no âmbito da apresentação do relatório com enfoque na dopagem no atletismo russo.

Questionado se as irregularidades dos atletas russos teriam apoio do Estado, Pound disse: "sim, não creio que seja possível outra conclusão. Não tinha como não saberem".

A AMA quer agora que a Rússia seja impedida de estar nos Jogos do Rio2016, face à questão do doping, e o relatório de hoje chega ao ponto de referir que os Jogos de Londres2012 foram "sabotados" com a participação de atletas dopados.

O relatório incide unicamente na Rússia e no atletismo, mas a AMA considera que a "dopagem organizada" diz também respeito a outros países e outros desportos.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.