sicnot

Perfil

Desporto

COI suspende Lamine Diack de membro honorário

O Comité Olímpico Internacional anunciou esta terça-feira que suspende Lamine Diack, membro honorário da instituição e antigo presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), que é acusado na justiça francesa de corrupção passiva e branqueamento agravado.

O dirigente senegalês, de 82 anos, esteve nos comandos da IAAF durante 15 anos, saindo em agosto passado. (Arquivo)

O dirigente senegalês, de 82 anos, esteve nos comandos da IAAF durante 15 anos, saindo em agosto passado. (Arquivo)

© Jason Lee / Reuters

"O comité executivo do COI decidiu hoje à tarde seguir a proposta do comité de ética e suspender provisoriamente Lamine Diack", refere o comunicado tornado público.

O dirigente senegalês, de 82 anos, esteve nos comandos da IAAF durante 15 anos, saindo em agosto passado. Viria a ser investigado por corrupção passiva e branqueamento agravado, já que alegadamente recebeu dinheiro para encobrir os casos de doping do atletismo russo.

O conselheiro jurídico de Diack, o advogado Habib Cissé, de 44 anos, também foi constituído arguido, mas apenas por corrupção passiva, tal como o médico francês Gabriel Dollé, principal responsável pela luta antidoping na IAAF até junho do ano passado.

Lusa