sicnot

Perfil

Desporto

Federação alemã quer que Beckenbauer diga o que sabe sobre Mundial2006

O vice-presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB) Rainer Koch disse que é tempo de o ex-futebolista Franz Beckenbauer, presidente do comité organizador do Mundial2006, falar sobre as alegadas irregularidades na atribuição do torneio.

Beckenbauer, que presidiu ao comité organizador do Mundial2006, negou a compra de votos para que a prova fosse atribuída à Alemanha, apesar de a DFB ter reconhecido que efetuou um pagamento de 6,7 milhões de euros à FIFA, mas que não estaria relacionado com o torneio. (Arquivo)

Beckenbauer, que presidiu ao comité organizador do Mundial2006, negou a compra de votos para que a prova fosse atribuída à Alemanha, apesar de a DFB ter reconhecido que efetuou um pagamento de 6,7 milhões de euros à FIFA, mas que não estaria relacionado com o torneio. (Arquivo)

Matthias Schrader / AP

"Vamos fazer tudo no sentido de obter uma resposta para a seguinte questão: o que se passou no processo de atribuição [à Alemanha] do Mundial2006", disse Koch, que assumiu conjuntamente com Reinhard Rauball a liderança da DFB, na sequência da demissão do presidente, Wolfgang Niersbach, na segunda-feira.

O ministro alemão do Interior e do Desporto, Thomas de Maizière, disse esperar "uma contribuição de todos os que possam contribuir para o esclarecimento" da questão, que é "do interesse do futebol e do desporto alemão".

Niersbach demitiu-se na segunda-feira, após uma reunião da cúpula da federação alemã, devido ao escândalo motivado por uma série de irregularidades relacionadas com a atribuição e organização do Mundial2006.

O escândalo surgiu em outubro, na sequência de denúncia da revista Der Spiegel sobre presumíveis subornos para a Alemanha conquistar a organização do Mundial de 2006, mas decisivas foram as notícias posteriores sobre evasão fiscal.

A revista revelou que que o comité de candidatura alemão, em que tinha então assento Wolfgang Niersbach, criou um 'saco azul' que usou para comprar votos visando ganhar a organização da prova realizada há nove anos.

Beckenbauer, que presidiu ao comité organizador do Mundial2006, negou a compra de votos para que a prova fosse atribuída à Alemanha, apesar de a DFB ter reconhecido que efetuou um pagamento de 6,7 milhões de euros à FIFA, mas que não estaria relacionado com o torneio.

Na votação, que decorreu no ano de 2000, a Alemanha ganhou o direito de organizar o Campeonato do Mundo por uma vantagem de um voto, tendo conquistado 12, contra os 11 da África do Sul, após a abstenção do neozelandês Charles Dempsey.

Lusa

  • Bruno de Carvalho suspenso por mais 90 dias

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

  • Benfica critica castigo de Samaris e vai recorrer

    Desporto

    O Benfica reagiu esta terça-feira ao castigo de três jogos aplicado ao grego Andreas Samaris, considerando que a decisão, da qual vai recorrer, é prova de que o futebol português está "entregue à instabilidade, à incoerência e à insegurança".

  • "Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito
    5:06
  • Governo disposto a ceder a algumas reivindicações dos enfermeiros
    1:58

    Economia

    Os enfermeiros ameaçam voltar à greve se o Governo não lhes der um subsídio no valor de 400 euros. Esta terça-feira o Governo esteve reunido com dois dos quatro sindicatos. O Ministério diz estar disposto a ceder a algumas reivindicações, mas o ministro da Saúde fez saber que o aumento de 400 euros é incomportável. 

  • Como fazer fotos e vídeos menos tremidos
    8:43
  • Viajar a 110 km/h agarrado ao para-brisas de um comboio

    Mundo

    Um homem de 23 anos foi detido por viajar preso a um comboio - mais concretamente ao limpa para-brisas -, que atinge velocidades perto dos 110 quilómetros por hora, numa viagem entre as estações de Leederville e Glendalough, na Austrália.

  • Rapper quer provar que a terra é plana

    Mundo

    O rapper B.o.B. lançou uma campanha na plataforma GoFundMe para enviar satélites que possam comprovar que a Terra é redonda e azul. No ano passado, o norte-americano defendeu nas redes sociais que o planeta é plano.