sicnot

Perfil

Desporto

Gianni Infantino abdica da candidatura à presidência se Platini avançar

Gianni Infantino, secretário-geral da UEFA e candidato à presidência da FIFA, disse hoje que abdicará da candidatura se Michel Platini, suspenso por 90 dias, avançar para a liderança do organismo mundial.

reuters

Em entrevista ao diário desportivo A Bola, Infantino manifestou-se "cem por cento leal" ao presidente da UEFA, esclarecendo que só avançou por Platini se encontrar suspenso, já que "a Europa tem de estar representada" neste processo eleitoral.

"Como o nosso presidente está suspenso, e depois de tomarmos a decisão de avançar com uma candidatura à liderança da FIFA, importava saber quem seria o candidato. E o meu nome foi o escolhido", explicou o secretário-geral da UEFA.

O mesmo responsável garantiu que não avançaria caso não tivesse o apoio de Platini, com quem trabalha "há nove anos".

"Sempre ficou muito claro que tinha o apoio dele [Platini] e se isso não tivesse acontecido a minha candidatura não teria avançado. Nunca serei candidato contra Platini. Se ele puder e quiser abdico da minha candidatura", assegurou.

Platini, o primeiro candidato a apresentar-se na corrida à FIFA, foi suspenso a 08 de outubro pelo Comité de Ética do organismo, depois de a Procuradoria Suíça lhe imputar suspeitas de gestão desleal e abuso de confiança.

Entre as acusações está o recebimento de dois milhões de francos suíços (1,8 milhões de euros) em "prejuízo da FIFA", naquilo que Platini e Joseph Blatter, presidente demissionário do organismo, já vieram dizer ter sido o pagamento num "acordo de cavalheiros" por trabalhos efetuados entre 1999 e 2002.

A FIFA foi abalada por um escândalo de corrupção em maio, a dois dias da reeleição de Blatter, num processo aberto pela justiça dos Estados Unidos e que levou a acusações a 14 dirigentes e ex-dirigentes.

No início de junho, Blatter apresentou a demissão, abrindo o caminho para novas eleições, marcadas para 26 de fevereiro de 2016

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01