sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira agradece mensagem a Cavaco e quer MotoGP de regresso a Portugal

Miguel Oliveira agradeceu hoje a mensagem de felicitação do Presidente da República, Cavaco Silva, por ter sido vice-campeão do mundo de Moto3, apelando ao regresso do MotoGP a Portugal.

Miguel Oliveira, vice-campeão do mundo de Moto3.

Miguel Oliveira, vice-campeão do mundo de Moto3.

MANUEL BRUQUE

"Quero agradecer publicamente ao Exmo. Sr. Presidente da República, Cavaco Silva, a sua mensagem de felicitação pública que me dirigiu em resultado do meu elevado nível desportivo. É, sem dúvida, uma honra para mim. Obrigado!", lê-se no Facebook oficial do piloto de Almada.

Vencedor em Itália, Holanda, Aragão, Austrália, Malásia e Valência, Miguel Oliveira (KTM) terminou o Mundial de Moto3 na segunda posição, com 254 pontos, menos seis do que o britânico Danny Kent (Honda), o novo campeão mundial, que chegou a ter mais 110 pontos do que o português, após a 12.ª das 18 provas do campeonato.

"Conhecedor de que se sagrou vice-campeão mundial de Moto3, após uma notável temporada, assinalada com seis vitórias, quero felicitá-lo pelo elevado nível desportivo demonstrado e pelo grande empenho que têm caracterizado o seu percurso e a sua já extraordinária carreira", disse Cavaco Silva.

Na mensagem, o Presidente da República destacou o "esforço e dedicação" que o piloto coloca em competição, considerando-os "um bom augúrio para o novo desafio que colocou a si próprio, ao enfrentar no próximo ano o campeonato mundial de Moto2, assim colocando o nome de Portugal na alta-roda do motociclismo".

"Aceite, em meu nome pessoal e dos portugueses, os parabéns e os desejos sinceros de muitas felicidades pessoais e desportivas", concluiu.

Além de agradecer esta felicitação, Miguel Oliveira apelou ao empenho no regresso de Portugal ao calendário do Mundial de MotoGP, depois de o último Grande Prémio ter sido disputado no autódromo do Estoril em 2012.

"Gostaria também que, num futuro próximo, o Governo e as autoridades competentes, pudessem trazer de volta ao nosso país o MotoGP, colocando à disposição todas as condições ímpares de hospitalidade que temos para oferecer em Portugal e dar-me desta forma a oportunidade de brindar de perto com a nação que me acompanha", rematou Miguel Oliveira.

Em 2016, o piloto natural de Almada vai disputar o Campeonato do Mundo de Moto2, a categoria intermédia do mundial de motociclismo de velocidade, ao serviço da Leopard, tendo Kent como companheiro de equipa, depois de cinco temporadas no Moto3.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51