sicnot

Perfil

Desporto

Sampdoria despede treinador Walter Zenga

A Sampdoria anunciou esta terça-feira a rescisão do contrato com o treinador Walter Zenga, dois dias depois de a formação de Génova ter perdido por 2-0 na receção à Fiorentina, na 12ª jornada da Liga italiana de futebol.

O antigo guarda-redes, de 55 anos, iniciou a temporada no comando técnico da Sampdoria, sucedendo ao sérvio Sinisa Mihajlovic, proveniente do Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos. (Arquivo)

O antigo guarda-redes, de 55 anos, iniciou a temporada no comando técnico da Sampdoria, sucedendo ao sérvio Sinisa Mihajlovic, proveniente do Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos. (Arquivo)

© Tony Gentile / Reuters

"A Sampdoria comunica que o senhor Walter Zenga foi dispensado do cargo de treinador da equipa. Lamentando o fim da relação profissional, o presidente Massimo Ferrero e toda a direção desejam a Walter Zenga a maior sorte no seu futuro profissional", lê-se no sítio da Sampdoria na Internet.

O antigo guarda-redes, de 55 anos, iniciou a temporada no comando técnico da Sampdoria, sucedendo ao sérvio Sinisa Mihajlovic, proveniente do Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos.

A carreira de Zenga conta passagens por clubes dos Emirados Árabes Unidos (Al Jazira, Al-Nasr e Al Ain), Arábia Saudita (Al Nassr), Itália (Palermo e Catania), Roménia (Dínamo Bucareste, Steaua Bucareste e Progresul), Turquia (Gaziantepspor) e Sérvia (Estrela Vermelha).

A Sampdoria, que conta com o defesa central português Pedro Pereira, ocupa a 10.ª posição da Liga italiana, após 12 jornadas, com 16 pontos, menos 11 do que os líderes Fiorentina e Inter Milão.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Governo garante que programa de ajuda alimentar será executado em 2017
    2:56

    País

    O Governo não executou o programa europeu que, no ano passado, apoiou 400 mil portugueses e é acusado de ter desperdiçado este ano 28 milhões de euros em ajuda alimentar. O ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva, garante que o programa será executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação.

  • Sol e calor teimam em ficar para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47