sicnot

Perfil

Desporto

Árbitro perde insígnias FIFA após polémica na final da Taça da Argentina

O presidente da Associação de Futebol da Argentina (AFA), Luis Segura, decidiu retirar as insígnias da FIFA ao árbitro Diego Ceballos, após a polémica arbitragem da final da Taça da Argentina.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Fatih Saribas / Reuters

"A AFA informa que, por decisão do seu presidente, o senhor Luis Segura, foi retirado do registo de árbitros internacionais o senhor Diego Ceballos. Esta medida vai ser imediatamente comunicada à FIFA", lê-se no sítio do organismo na Internet.

No passado dia 04 de novembro, Diego Ceballos acabou por ser protagonista da vitória do campeão Boca Juniors frente ao Rosário Central por 2-0, na final da Taça da Argentina.

No encontro da final, o árbitro anulou um golo a Marco Ruben, aos 36 minutos, por alegada posição irregular do avançado do Rosário Central, transformou uma falta fora da área numa grande penalidade que deu o primeiro golo do Boca Juniors e validou ainda o segundo golo dos campeões, obtido aos 89 minutos, por Andres Chaves, que estava em posição irregular.

Diego Ceballos, de 37 anos e internacional desde 2013, já estava suspenso provisoriamente, juntamente com o árbitro assistente Mariano Aumente.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.