sicnot

Perfil

Desporto

Futebolista japonês renova contrato aos 48 anos

O avançado japonês Kazuyoshi Miura, de 48 anos, um dos jogadores mais velhos em atividade, renovou contrato por mais uma época com o Yokohama FC, da segunda Liga japonesa de futebol.

O jogador assegurou que continuará "a dar tudo" pelo seu atual clube, pelo qual bateu em junho o seu próprio recorde de jogador mais velho do futebol profissional japonês a marcar um golo, aos 48 anos, quatro meses e dois dias. (Arquivo)

O jogador assegurou que continuará "a dar tudo" pelo seu atual clube, pelo qual bateu em junho o seu próprio recorde de jogador mais velho do futebol profissional japonês a marcar um golo, aos 48 anos, quatro meses e dois dias. (Arquivo)

© KYODO Kyodo / Reuters

Em honra da camisola 11, o número com que tem jogado quase sempre na sua carreira, foi escolhido o dia de hoje, 11 de novembro, e a hora japonesa das 11:11 para anunciar a renovação de contrato com Miura.

O jogador assegurou que continuará "a dar tudo" pelo seu atual clube, pelo qual bateu em junho o seu próprio recorde de jogador mais velho do futebol profissional japonês a marcar um golo, aos 48 anos, quatro meses e dois dias.

'King Kazu', como é conhecido, iniciou a carreira em 1986 no Brasil, onde jogou, entre outros, no Santos, Palmeiras e Coritiba, e em 1991 chegou ao Japão, para jogar pelo Tokyo Verdy, clube em que esteve oito épocas.

Pelo meio, em 1994/95, esteve nos italianos do Génova, antes de regressar ao Japão.

Miura representou também o Dínamo Zagreb e os australianos do Sydney FC, mas foi no seu atual clube, o Yokohama FC, que esteve mais tempo, 11 épocas, depois de ter jogado também pelo Kyoto Sanga e Vissel Kobe.

O avançado também foi uma grande estrela na seleção japonesa, pela qual marcou 55 golos em 89 jogos.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57