sicnot

Perfil

Desporto

Liga impede jogo do FC Porto com o Tondela no Estádio João Cardoso

A comissão técnica da Liga de futebol deu hoje um parecer negativo às obras do Estádio João Cardoso, impedindo que a partida com o FC Porto, agendada para 28 de novembro, possa realizar-se em Tondela, avançou o clube.

(arquivo)

(arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

Em comunicado, o clube 'auriverde' lamentou a decisão da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, que surge a 15 dias da realização da partida com o FC Porto, que o Tondela contava disputar no Estádio João Cardoso, a sofrer obras de ampliação e requalificação desde julho.

"O Tondela nada mais tem do que lamentar profundamente que se veja assim impossibilitado de corresponder a um dos anseios dos seus adeptos, associados e tondelenses em geral, proporcionando aquela que seria a única oportunidade de, neste ano de estreia na Liga NOS, receber em Tondela um dos denominados três 'grandes'", sustentou.

No seu entender, "a Liga Portugal entendeu, ao contrário do que se perspetivava, não confiar na idoneidade da empresa responsável pela obra, não confiar na Câmara Municipal de Tondela e, em última instância, não confiar também no CD Tondela, clube com o qual sempre teve a melhor relação de confiança".

"Ao fazê-lo, não respeitou o esforço desenvolvido por todas as partes para que as exigências que, ao longo dos últimos meses, nos foram sendo apresentadas fossem preenchidas, deixando, quer a empresa Floponor [responsável pela obra], quer a Câmara Municipal de Tondela, quer o CD Tondela perfeitamente desolados com este desfecho, consubstanciado na rejeição pela Liga Portugal para que o jogo CD Tondela vs FC Porto se realize no Estádio João Cardoso", acrescentou.

O Tondela destacou ainda que a empresa Floponor elaborou um documento escrito, no qual se comprometia a ter, à data do jogo com o FC Porto, as condições de segurança e usabilidade exigidas pelos Regulamentos Oficiais da Liga Portugal.

"Perante este desfecho, que desrespeita o esforço da empresa Floponor, da CM Tondela e do CD Tondela, mas, e mais importante que tudo, que desrespeita os tondelenses e a legitimidade em receberem o FC Porto em sua casa, com as mais que garantidas condições de segurança e usabilidade, como, aliás, manifestámos na ata de vistoria ao Estádio, resta-nos apelar aos nossos adeptos e associados que correspondam massivamente no apoio à equipa no próximo dia 28", concluiu a nota.

Com esta decisão da Liga Portuguesa de Futebol, a partida da 11.ª jornada da I Liga entre o Tondela e o FC Porto terá lugar a 28 de novembro, no Estádio Municipal de Aveiro, tal como aconteceu com os jogos em que o Tondela recebeu o Sporting e o Benfica.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.