sicnot

Perfil

Desporto

Galatasaray rescinde com o treinador Hamza Hamzaoglu

O treinador Hamza Hamzaoglu vai abandonar o Galatasaray, anunciou esta quarta-feira o clube da liga turca de futebol e adversário do Benfica na Liga dos Campeões, adiantando que a saída se deu por "mútuo acordo".

O técnico assumiu o comando do emblema turco em novembro de 2014. (Arquivo)

O técnico assumiu o comando do emblema turco em novembro de 2014. (Arquivo)

© Osman Orsal / Reuters

"O contrato com Hamzaoglu foi rescindido por mútuo acordo. Nós agradecemos os seus serviços e desejamos-lhe sucesso no futuro", pode ler-se no comunicado emitido pelo clube de Istambul.

O técnico assumiu o comando do emblema turco em novembro de 2014, substituindo o italiano Cesare Prandelli e guiando o clube ao título de campeão turco na mesma época.

Apesar de ter um plantel com jogadores como Lukas Podolski e Wesley Sneijder, o Galatasaray está, atualmente, em terceiro lugar no campeonato, atrás dos rivais da capital Besiktas e Fenerbahce, e ocupa a mesma posição no grupo C da Liga dos Campeões, liderado pelo Benfica.

Lusa

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.