sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da federação chilena vai colaborar com investigação à FIFA

O presidente da Federação Chilena de Futebol, Sergio Jadue, viajou terça-feira sob proteção para os Estados Unidos para colaborar com as investigações sobre corrupção na FIFA, noticia esta quarta-feira a imprensa chilena.

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue (na imagem) e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais. (Arquivo)

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue (na imagem) e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais. (Arquivo)

© Jorge Adorno / Reuters

No aeroporto de Santiago do Chile, Sergio Jadue, que também é vice-presidente da confederação sul-americana de futebol, disse aos jornalistas que iria de férias com a família durante uns meses.

No entanto, o jornal Mercurio, citando fontes da federação, assegura que Sergio Jadue vai sob proteção policial para testemunhar nas investigações de corrupção na FIFA.

La Tercera, um outro jornal chileno, garante que Jadue "vai colaborar com a investigação que está a ser feita pelo FBI".

Recentemente, Sergio Jadue apresentou um atestado médico que lhe permitiu deixar temporariamente a presidência da federação, assumida interinamente por Jaime Baeza.

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais.

Após a investigação, Sergio Jadue foi obrigado devolver 49.000 dólares (cerca de 46.000 euros), correspondentes a salários de oito meses.

Desde maio, a FIFA vive um escândalo de corrupção, desencadeado por uma investigação das autoridades norte-americanas, no âmbito do qual já foram feitas várias detenções e suspenso o presidente, Joseph Blatter.

Lusa

  • Défice de 2016 fica nos 2,1%

    Economia

    O défice orçamental ficou nos 2,1% do PIB em 2016, em linha com o previsto pelo Governo. É o valor mais baixo em democracia. Está aberto o caminho ao fim do Procedimento por Défices Excessivos.

    Em desenvolvimento

  • Libertado o ex-Presidente egípcio Hosni Mubarak

    Mundo

    O ex-Presidente egípcio foi libertado hoje, depois de ter sido absolvido por um tribunal de recurso, no início deste mês. Hosni Mubarak estava agora confinado a um hospital militar. O antigo chefe de Estado tinha sido condenado em 2012 pela morte de manifestantes nos protestos da Primavera Árabe.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • "Nós aceitamos sempre os resultados das eleições"
    1:07

    País

    Durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa, o líder dos sociais-democratas garantiu que o partido tem fair-play mas disse que está nas eleições autárquicas para ganhar. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que o PSD aceita sempre os resultados das eleições.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Data e local da canonização serão anunciados a 20 de abril
    2:23

    País

    O Papa aprovou esta quinta-feira o decreto que valida o milagre atribuído a Francisco e Jacinta. A data e local da cerimónia da canonização dos pastorinhos serão anunciados a 20 de abril, na reunião de cardeais no Vaticano. O Bispo de Leiria/Fátima acredita que a cerimónia possa ser a 13 de maio, durante a visita do Papa a Fátima.