sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da federação chilena vai colaborar com investigação à FIFA

O presidente da Federação Chilena de Futebol, Sergio Jadue, viajou terça-feira sob proteção para os Estados Unidos para colaborar com as investigações sobre corrupção na FIFA, noticia esta quarta-feira a imprensa chilena.

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue (na imagem) e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais. (Arquivo)

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue (na imagem) e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais. (Arquivo)

© Jorge Adorno / Reuters

No aeroporto de Santiago do Chile, Sergio Jadue, que também é vice-presidente da confederação sul-americana de futebol, disse aos jornalistas que iria de férias com a família durante uns meses.

No entanto, o jornal Mercurio, citando fontes da federação, assegura que Sergio Jadue vai sob proteção policial para testemunhar nas investigações de corrupção na FIFA.

La Tercera, um outro jornal chileno, garante que Jadue "vai colaborar com a investigação que está a ser feita pelo FBI".

Recentemente, Sergio Jadue apresentou um atestado médico que lhe permitiu deixar temporariamente a presidência da federação, assumida interinamente por Jaime Baeza.

Em setembro, a justiça chilena acusou Jadue e outros dirigentes da federação de receberem salários ilegais.

Após a investigação, Sergio Jadue foi obrigado devolver 49.000 dólares (cerca de 46.000 euros), correspondentes a salários de oito meses.

Desde maio, a FIFA vive um escândalo de corrupção, desencadeado por uma investigação das autoridades norte-americanas, no âmbito do qual já foram feitas várias detenções e suspenso o presidente, Joseph Blatter.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, liderado por Luis Ribeiro, deu início à leitura do acórdão pelas 10:30, com quatro arguidos ausentes do tribunal, entre os quais Oliveira Costa. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.