sicnot

Perfil

Desporto

Detetadas mais de 120 transações suspeitas relacionadas com escolhas da FIFA

A comissão responsável pela investigação à atribuição dos Mundiais de futebol da Rússia, em 2018, e do Qatar, em 2022, anunciou hoje ter detetado mais de 120 transações financeiras suspeitas relacionadas com as escolhas da FIFA.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Arnd Wiegmann / Reuters

Um porta-voz do Gabinete do Procurador-Geral da Suíça (OAG), citado pela agência France Presse, refere que a comissão recebeu dos serviços financeiros de investigação mais de 120 relatórios de transações suspeitas relacionadas com a adjudicação dos Mundiais.

"Estes relatórios estão relacionados com os processos penais em curso em torno da atribuição da organização dos campeonatos do Mundo de futebol de 2018 e 2022", refere o porta-voz.

O comité executivo da FIFA votou em dezembro de 2010 a atribuição dos Mundiais de futebol de 2018 e 2022, numa decisão polémica que gerou logo suspeitas de corrupção negadas prontamente pela Rússia e pelo Qatar.

Mohamed Bin Hammam, ex-vice-presidente da FIFA e presidente da Confederação Asiática de Futebol, tem sido uma figura central em muitas das alegações deste processo.

Bin Hammam, que a comissão deseja que colabore na investigação e que é tido como figura central na atribuição do Mundial do Qatar, em 2022, foi banido pela FIFA em 2012 após o seu nome ter surgido envolvido em processos de suborno.

Lusa

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.