sicnot

Perfil

Desporto

Jogo entre Atlético Madrid e Galatasaray com reforço de segurança

O jogo entre Atlético Madrid e Galatasaray, da 5ª jornada do grupo C da Liga dos Campeões em futebol, em Madrid, contará com mais 30 por cento de polícias do que o habitual.

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados. (Arquivo)

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados.

Segundo informação da polícia, em Madrid, "é um jogo classificado de alto risco, por ser da Liga dos Campeões".

"Todas as grandes concentrações de pessoas estarão mais protegidas e, como tal, haverá mais polícias, em 30 por cento, e também porque o clube aumentou o número de segurança de privados, mais do que o habitual", esclareceu Concepción Dancausa, da polícia madrilena.

Atlético Madrid e Galatasaray são adversários do Benfica no Grupo C da Liga dos Campeões, com os 'encarnados' a defrontarem na quarta-feira o Astana, na capital do Cazaquistão.

Também na segunda-feira foi anunciado que as medidas de segurança vão triplicar para o jogo de hoje entre os espanhóis do FC Barcelona e os italianos da AS Roma, e as autoridades pediram paciência aos adeptos.

O reforço das medidas de segurança surge após os atentados sangrentos de 13 de novembro, em Paris, que causaram pelo menos 130 mortos, entre os quais dois portugueses, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e as imediações do Stade France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Nove fatores que aumentam o risco de demência

    Mundo

    Um em cada três casos de demência podia ter sido evitado sem recorrer a medicamentos. Um estudo publicado na revista científica The Lancet explica como é possível evitar a demência e quais os fatores que contribuem para a doença.

  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.