sicnot

Perfil

Desporto

Jogo entre Atlético Madrid e Galatasaray com reforço de segurança

O jogo entre Atlético Madrid e Galatasaray, da 5ª jornada do grupo C da Liga dos Campeões em futebol, em Madrid, contará com mais 30 por cento de polícias do que o habitual.

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados. (Arquivo)

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

Para o jogo no Vicente Calderón serão mobilizados 400 polícias nacionais, entre unidades para a ordem pública, cavalaria e equipas cinotécnicas, 100 municipais, 60 efetivos da proteção civil, 33 da cruz vermelha e 498 seguranças privados.

Segundo informação da polícia, em Madrid, "é um jogo classificado de alto risco, por ser da Liga dos Campeões".

"Todas as grandes concentrações de pessoas estarão mais protegidas e, como tal, haverá mais polícias, em 30 por cento, e também porque o clube aumentou o número de segurança de privados, mais do que o habitual", esclareceu Concepción Dancausa, da polícia madrilena.

Atlético Madrid e Galatasaray são adversários do Benfica no Grupo C da Liga dos Campeões, com os 'encarnados' a defrontarem na quarta-feira o Astana, na capital do Cazaquistão.

Também na segunda-feira foi anunciado que as medidas de segurança vão triplicar para o jogo de hoje entre os espanhóis do FC Barcelona e os italianos da AS Roma, e as autoridades pediram paciência aos adeptos.

O reforço das medidas de segurança surge após os atentados sangrentos de 13 de novembro, em Paris, que causaram pelo menos 130 mortos, entre os quais dois portugueses, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e as imediações do Stade France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.