sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal de Contas brasileiro encontra falhas na segurança para os Jogos Olímpicos

O Tribunal de Contas da União do Brasil, órgão de assessoria do poder Legislativo, encontrou falhas na integração entre os agentes de segurança do Brasil para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

© Sergio Moraes / Reuters

As falhas foram denunciadas em conferência de imprensa pelo magistrado Augusto Nardes, salientando que os principais erros estão no controle das fronteiras, manifestando-se ainda preocupado com a evasão de divisas.

A auditoria do tribunal sobre a segurança contra ações terroristas não foi concluída e é sigilosa, pelo que o juiz não divulgou detalhes das análises já feitas, segundo o portal de notícias G1.

Augusto Nardes falava na conferência de imprensa promovida pelo Ministério da Justiça, no Rio de Janeiro, sobre o esquema de segurança para os Jogos Olímpicos de 2016.

O secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos, também do Ministério da Justiça, Andrei Rodrigues, disse que o Governo brasileiro irá cooperar com outros países para enfrentar os riscos do terrorismo, mas negou que o planeamento seja modificado devido aos últimos atentados, em Paris, no dia 13 de novembro.

Segundo a Agência Brasil, Andrei Rodrigues afirmou que a cooperação com a França será reforçada, e que haverá "mais gente trabalhando com foco específico no combate ao terrorismo", e que os Jogos Olímpicos de 2016 serão os primeiros a ter um centro de segurança exclusivo para combater o terrorismo,

No total, 85 mil agentes farão a segurança do evento, sendo 38 mil das Forças Armadas e 47 mil entre polícias, defesa civil e ordenamento urbano, segundo o Ministério da Justiça, que anunciou ter investido 350 milhões de reais (88 milhões de euros) diretamente na Olimpíada.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.