sicnot

Perfil

Desporto

Sporting e Benfica entram em campo esta segunda-feira

O Porto joga hoje mas Sporting e Benfica entram em campo apenas na segunda-feira.

Os leões recebem o Belenenses às 19 horas depois do triunfo na Liga Europa frente ao Lokomotiv de Moscovo.
O central Naldo está às ordens de Jorge Jesus para a receção aos azuis depois de cumprir castigo. Em dúvida estão William Carvalho, Jefferson e Carlos Mané.
Quanto ao Benfica joga em Braga também na segunda-feira, a partir das 21 horas. De fora ficam os lesionados Luisão, Nelson Semedo, Salvio e Feisa.
Rui Vitória também não pode contar com o grego Samaris que está castigado.

  • Bruno de Carvalho volta a atacar Benfica, FC Porto e o fundo Doyen

    Desporto

    Bruno de Caravalho voltou a atacar os rivais Benfica, FC Porto e o fundo Doyen Sports. O presidente do Sporting aproveitou o facto de o presidente do Twente se ter demitido na sequência da ligação do clube holandês à Doyen, para criticar o que considera ser a "gestão abusiva" do fundo de investimento na transferência de jogadores.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.