sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho diz que Diego Costa "é um privilegiado"

O treinador do Chelsea, José Mourinho, afirmou hoje que o futebolista internacional espanhol Diego Costa, que permaneceu no banco frente ao Tottenham (0-0), em encontro da 14.ª jornada da Liga inglesa, tem sido "um privilegiado".

Tim Ireland

"Diego é um privilegiado porque tem sido o único jogador que ainda não se sentou no banco. Já sucedeu a todos: a Ivanovic, a Cahill, a Fábregas, a Pedro e a Oscar: todos já estiveram em algum momento no banco", disse Mourinho.

O internacional espanhol mostrou a sua insatisfação por não ter entrado em campo, depois de ter estado a realizar exercícios de aquecimento, atirando o seu colete na direção de Mourinho.

Afirmando ter "uma boa relação" com Diego Costa, o técnico português manifestou-se satisfeito com a "atitude dos jogadores" e com "o resultado".

"Se tivéssemos ganhado, a nossa atuação teria sido considerada tremenda", acrescentou.

O Chelsea, atual campeão, foi hoje ao terreno do 'vizinho' Tottenham empatar 0-0, somando a terceira igualdade na prova, às quais à que juntar sete derrotas, para míseros quatro triunfos (17-23 em golos).

A atravessar uma crise de resultados no campeonato, a equipa orientada por José Mourinho acabou por conquistar um ponto no terreno de um clube que o treinador português considerou ser um dos fortes candidatos ao título.

Com este empate, o Tottenham manteve o quinto lugar, com 25 pontos, a quatro da dupla formada por Manchester City e Leicester City.

O Chelsea - que recebe a 09 de dezembro o FC Porto, na sexta e última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, decisiva para os dois clubes na corrida ao apuramento para a fase a eliminar -- subiu, à condição, ao 14.º lugar, com apenas 15 pontos.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.