sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Santos considera nomeação para a Bola de Ouro "uma prova de todo o valor de Ronaldo"

O selecionador de futebol de Portugal, Fernando Santos, considerouesta segunda-feira que a nomeação de Cristiano Ronaldo para a Bola de Ouro 2015 "é uma prova de todo o valor" do extremo internacional português.

Fernando Santos classificou Cristiano Ronaldo como "o melhor jogador do Mundo" e acrescentou: "Em consciência votei, naturalmente, no Cristiano Ronaldo como vencedor deste prémio".

Fernando Santos classificou Cristiano Ronaldo como "o melhor jogador do Mundo" e acrescentou: "Em consciência votei, naturalmente, no Cristiano Ronaldo como vencedor deste prémio".

© Juan Medina / Reuters

"[A nomeação] Significa todo o valor que o Cristiano tem. Estar oito anos na lista de nomeados significa a sua enorme qualidade, enquanto jogador e não só", afirmou Fernando Santos em declarações à assessoria de imprensa da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O selecionador referiu que a este foi "um ano importante" para o jogador do Real Madrid e lembrou a sua "contribuição para o apuramento da equipa nacional de Portugal para a fase final do Campeonato da Europa de 2016".

Fernando Santos classificou Cristiano Ronaldo como "o melhor jogador do Mundo" e acrescentou: "Em consciência votei, naturalmente, no Cristiano Ronaldo como vencedor deste prémio".

Cristiano Ronaldo foi hoje anunciado como um dos três finalistas da Bola de Ouro de 2015, prémio que distingue o melhor futebolista do ano, em conjunto com o argentino Lionel Messi e o brasileiro Neymar.

O internacional português, de 30 anos, que alinha no Real Madrid, volta a estar entre os três finalistas do prémio atribuído pela FIFA e a revista France Football, que já conquistou por três vezes, em 2008, 2013 e 2014.

Lusa

  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor