sicnot

Perfil

Desporto

Erwin Sánchez sem "medo" e confiante num "desafio duro" no Boavista

O novo treinador de futebol do Boavista, o boliviano Erwin Sánchez, afirmou esta quarta-feira não ter "medo de treinar na Europa" e disse acreditar num "desafio duro" ao comando dos 'axadrezados'.

O 'Platini' boliviano, que terminou a sua carreira de treinador precisamente nos axadrezados (2003/2004), representou o Boavista, enquanto jogador, desde a época 1992/1993 até 1997, quando trocou os 'panteras negras' pelo Benfica, regressando no ano seguinte ao Bessa, onde ficou até 2003. (Arquivo)

O 'Platini' boliviano, que terminou a sua carreira de treinador precisamente nos axadrezados (2003/2004), representou o Boavista, enquanto jogador, desde a época 1992/1993 até 1997, quando trocou os 'panteras negras' pelo Benfica, regressando no ano seguinte ao Bessa, onde ficou até 2003. (Arquivo)

SIC

"Não tenho medo [de treinar na Europa], mas sim confiança. Se tivesse medo ficaria aqui na Bolívia, sem menosprezar o que temos feito aqui. Sabemos que [o Boavista] não estão a atravessar um bom período, mas é um bom desafio", assumiu hoje o boliviano, de 46 anos, aos jornalistas que assistiram ao treino do Blooming, naquele país.

O ex-futebolista sublinhou ainda a "oportunidade de voltar a treinar uma equipa em Portugal" e destacou "a grande oportunidade de continuar a abrir novos caminhos no horizonte" da sua carreira.

"Primeiro é um sentimento de alegria, porque o trabalho é reconhecido, e, em segundo lugar, é um sentimento de tristeza, porque está na hora de partir novamente, para um lugar lindo, mas um desafio duro", explicou Sánchez.

O 'Platini' boliviano, que terminou a sua carreira de treinador precisamente nos axadrezados (2003/2004), representou o Boavista, enquanto jogador, desde a época 1992/1993 até 1997, quando trocou os 'panteras negras' pelo Benfica, regressando no ano seguinte ao Bessa, onde ficou até 2003, totalizando 43 golos em 220 partidas pelo clube.

Sánchez rendeu no comando técnico da equipa boavisteira Petit, também ele antigo jogador do Boavista, que anunciou a saída após a derrota caseira (2-1) no passado domingo frente ao Vitória de Guimarães.

Lusa

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.

  • Mouchão da Póvoa em risco de desaparecer
    1:58

    País

    A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira alerta para o risco de desaparecimento do Mouchão da Póvoa, uma dos três mouchões do Tejo, no concelho. Em causa está a falta de autorização, pedida à Agência Portuguesa do Ambiente, para uma intervenção de emergência nos diques.

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.