sicnot

Perfil

Desporto

Ribéry volta aos treinos do Bayern após lesão de nove meses

O extremo francês Franck Ribéry, do Bayern de Munique, regressou esta quarta-feira aos treinos com o plantel do campeão alemão de futebol após nove meses de ausência devido a uma lesão no tornozelo.

O jogador de 32 anos esteve fora dos relvados durante 264 dias, tendo-se lesionado a 11 de março. (Arquivo)

O jogador de 32 anos esteve fora dos relvados durante 264 dias, tendo-se lesionado a 11 de março. (Arquivo)

© Michaela Rehle / Reuters

"É um dia soberbo para mim e muito emotivo. Foi a primeira lesão longa da minha carreira e foi uma situação difícil para mim. É um bom sentimento voltar à equipa. Sinto-me muito melhor nestas últimas duas semanas, consigo fazer tudo com a bola", afirmou Ribéry depois do treino da equipa alemã.

O jogador de 32 anos esteve fora dos relvados durante 264 dias, tendo-se lesionado a 11 de março, e espera voltar à competição no próximo dia 12 na receção do Bayern aos vizinhos do Ingolstadt, a contar para a 16.ª jornada da Liga alemã.

A recuperação do francês prolongou-se mais do que o esperado e só começou a evoluir melhor em outubro, quando regressou aos treinos individuais e utilizou na sua reabilitação uma máquina de corrida antigravidade, desenvolvida pela NASA para treinar astronautas.

O último jogo de Ribéry pelo Bayern foi na vitória esmagadora dos 'bávaros' sobre o Shakhtar, por 7-0, a contar para os oitavos de final da Liga dos Campeões, em que o extremo tinha marcado um golo.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.