sicnot

Perfil

Desporto

Vinte e seis atletas italianos arriscam suspensão por doping

A agência antidopoding de Itália pediu esta quarta-feira a suspensão por dois anos para 26 atletas de elite transalpinos, por evasão ou recusa a submeter-se a testes, anunciou o CONI, comité olímpico daquele país.

A lista inclui vários nomes medalhados em grandes competições, como o triplista Fabrizio Donato (bronze nos Jogos Olímpicos Londres2012 e campeão europeu nesse ano). (Arquivo)

A lista inclui vários nomes medalhados em grandes competições, como o triplista Fabrizio Donato (bronze nos Jogos Olímpicos Londres2012 e campeão europeu nesse ano). (Arquivo)

© Paul Hanna / Reuters

A lista inclui vários nomes medalhados em grandes competições, como o triplista Fabrizio Donato (bronze nos Jogos Olímpicos Londres2012 e campeão europeu nesse ano), o maratonista Daniele Meucci (campeão europeu em 2014) e o saltador em comprimento Andrew Howe (vice-campeão mundial em 2007).

Também estão na lista Daniele Greco, campeão europeu de pista coberta em 2013 no triplo, Giuseppe Gibilisco, campeão mundial de salto com vara em 2003, Roberto Donati (vice-campeão europeu na estafeta 4x100 em 2010), Anna Incerti (campeã europeia de maratona em 2010) e Silvia Weissteiner (bronze nos 3.000 metros do Europeu 'indoor' de 2007).

Segundo a acusação, esses atletas ter-se-ão "evadido, recusado ou faltado a entregar amostras", bem como violado as regras de informação quanto à localização fora de competições, para testes inopinados.

O CONI refere ainda que os registos daqueles 26 atletas vão ser agora analisados e não deverão ser conhecidas decisões finais antes de 2016.

Ao mesmo tempo, é anunciado que são arquivados outros 39 casos, em que houve contestação dos atletas e foram atendidas as justificações.

A maioria dos atletas da lista já estava qualificada para os Jogos Olímpicos (Rio de Janeiro, de 05 a 21 de agosto do próximo ano) ou em vias de o conseguir.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.