sicnot

Perfil

Desporto

A guerra entre NOS e Altice pelos direitos dos jogos do Benfica

A guerra entre NOS e Altice pelos direitos dos jogos do Benfica

A NOS vai pagar até 400 milhões de euros ao Benfica e ficar com os direitos dos jogos e do canal do clube até 2027, naquele que é o maior negócio de sempre do futebol português. A operadora ultrapassou assim a Altice, dona da PT Portugal.. que começou a ofensiva pelos direitos dos jogos na Luz.

  • Sílvio em dúvida para receção à Académica

    Desporto

    Sílvio continua a ser a grande dúvida no Benfica para a receção desta sexta-feira, à Académica, que abre a 12ª jornada da Primeira Liga. O lateral ainda recupera de uma entorse no joelho esquerdo, sofrida no jogo com o Astana, para a Liga dos Campeões.

  • Vieira conseguiu negócio que o Benfica procurava há três anos
    1:51

    Desporto

    Com a venda dos direitos televisivos, o Benfica terá de alterar a estrutura que tinha com o seu próprio canal de televisão, uma vez que deixará de transmitir os seus jogos em casa. 40 milhões de euros por ano, um valor que os encarnados pretendiam há muito, mas se pensava ser impensável ser pago a algum clube em Portugal.

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.