sicnot

Perfil

Desporto

Figo e Puyol são os mais recentes membros da Academia Laureus

O ex-futebolista internacional português Luís Figo e o espanhol Carles Puyol são os mais recentes membros da seletiva Academia Laureus, informou hoje em comunicado o organismo presidido pelo ex-atleta norte-americano Edwin Moses.

© Andrea Comas / Reuters

Luís Figo e Puyol, que já eram embaixadores da Academia Laureus, colaborando em vários projetos de apoio a jovens com dificuldades através do desporto, vão ser empossados na próxima quinta-feira, durante uma visita ao Colégio de Educação Especial Princesa Sofia, em Madrid.

A Academia Laureus é ainda responsável pela promoção anual de uma gala para a atribuição de uma espécie de 'óscares' do desporto e que já distinguiu, entre outros, Usain Bolt, Roger Federer, Rafael Nadal, Tiger Woods, Novak Djokovic e Michael Schumacher.

Luís Figo e Puyol passam a integrar um restrito grupo de ex-atletas de elite que integra, por exemplo, Cafu, Franz Beckenbauer, Marcel Desailly, Bobby Charlton, Monica Seles, Sebastian Coe, Tony Hawk, Sergey Bubka, Marina Navratilova, Nadia Comaneci e Emerson Fittipaldi.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22