sicnot

Perfil

Desporto

Osvaldo em tratamento falha treino do FC Porto

O FC Porto iniciou hoje a preparação do jogo de sábado com o Paços de Ferreira, para a 12ª jornada da I Liga de futebol, sem o avançado argentino Osvaldo, que realizou tratamento a uma contusão no joelho.

O avançado Osvaldo realizou tratamento a uma contusão no joelho

O avançado Osvaldo realizou tratamento a uma contusão no joelho

© Miguel Vidal / Reuters (Arquivo)

De acordo com a nota publicada no sítio dos "dragões", o treinador Julen Lopetegui chamou ao treino do plantel principal o central chileno Igor Lichnovsky, que na quarta-feira alinhou pelo FC Porto B na vitória sobre o Farense (4-3).

O FC Porto, que na quarta-feira acertou calendário com uma vitória por 4-0 em casa do União da Madeira, que o colocou no segundo lugar da I Liga a dois pontos do líder Sporting, volta a treinar pelas 10:30 de sexta-feira, no Olival, com uma sessão à 'porta fechada'.

No final do treino, pelas 13:00, Julen Lopetegui fará a antevisão do jogo de sábado com o Paços de Ferreira, no Dragão, a dirigir pelo árbitro Carlos Xistra, da AF Castelo Branco.

Lusa

  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.