sicnot

Perfil

Desporto

Platini ouvido entre 16 e 18 de dezembro pela Comissão de Ética da Fifa

O presidente suspenso da UEFA, Michel Platini, que corre o risco de ser irradiado das instâncias futebolísticas, será ouvido pela Comissão de Ética da FIFA "muito provavelmente entre 16 e 18 de dezembro".

© Charles Platiau / Reuters

Segundo q agência de notícias francesa AFP, Michel Platini será ouvido pela secção de julgamentos da Comissão de Ética da FIFA, depois de esta ter pedido, no final de novembro, a irradiação de Platini do futebol.

Na altura, o advogado do presidente da UEFA disse à agência AFP que a medida é "desproporcionada", num processo que classifica como "escandaloso".

A comissão, que investiga Michel Platini pelo recebimento de 1,8 milhões de euros em 2011 do presidente demissionário da FIFA, Joseph Blatter, para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002, deverá anunciar a decisão em dezembro.

O antigo internacional francês Michel Platini, de 60 anos, está suspenso de toda a atividade ligada ao futebol até 05 de janeiro de 2016 e o seu processo de candidatura à presidência da FIFA, que terá eleições a 26 de fevereiro, encontra-se em suspenso.

Além de Michel Platini, o Comité de Ética suspendeu, a 08 de outubro deste ano, por implicação no escândalo de corrupção que atinge a instituição, Joseph Blatter e o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke.

Lusa

  • Coreia do Norte foi "isolada à força"

    Mundo

    O empresário espanhol León Smit, que organiza visitas à Coreia do Norte, diz que o país foi "isolado à força", sendo "muito difícil" estabelecer relações comerciais com Pyongyang, sob o regime de Kim Jong-un.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite