sicnot

Perfil

Desporto

Real Madrid vai recorrer da desclassificação da Taça do Rei

O Real Madrid, desclassificado da Taça do Rei, por utilização indevida de Cheryshev na vitória (3-1) sobre o Cádis, vai recorrer da decisão da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), confirmou esta sexta-feira o clube à agência EFE.

Os 'merengues' foram desclassificados da Taça do Rei por utilização indevida de Cheryshev, no encontro da primeira mão dos 16 avos de final da prova.

Os 'merengues' foram desclassificados da Taça do Rei por utilização indevida de Cheryshev, no encontro da primeira mão dos 16 avos de final da prova.

© Marcelo del Pozo / Reuters

O Real Madrid vai apelar da decisão do juiz de competições da RFEF junto do Comité de Recurso e, caso o seu propósito seja rejeitado, irá recorrer, em última instância, ao Tribunal de Arbitragem Desportiva, que se reunirá na próxima sexta-feira.

Os 'merengues' foram hoje desclassificados da Taça do Rei por utilização indevida de Cheryshev, no encontro da primeira mão dos 16 avos de final da prova.

O extremo russo, que até marcou o primeiro golo do jogo, tinha um jogo de suspensão por cumprir da época passada, quando estava ao serviço do Villarreal.

O juiz de competição da RFEF considerou que o jogador estava castigado e puniu o Real Madrid com derrota e uma multa de 6.001 euros, considerando a eliminatória fechada -- a segunda mãon estava marcada para 16 de dezembro, em Madrid.

Na quinta-feira, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, tinha afirmado que o clube não tinha utilizado indevidamente o futebolista russo, considerando que a sanção não era eficaz por Cheryshev não ter sido notificado pessoalmente.

Lusa

  • Presidente do Real Madrid explica porque clube não pode ser afastado da Taça do Rei
    1:03

    Desporto

    O presidente do Real Madrid já reagiu à polémica que envolve o Real Madrid e a utilização indevida do jogador Denis Cherychev no jogo com o Cádiz, para a Taça do Rei. Florentino Pérez diz que o jogador e o clube não foram notificados pela federação espanhola da suspensão de um jogo, por acumulação de amarelos, imposta na época passada quando Cherychev estava ainda ao serviço do Villareal. Por esse motivo, entende o Real Madrid que o clube não devia ser punido com o afastamento da prova. O Cádiz protestou o jogo da última quarta-feira, que o Real Madrid venceu por 3-1.Florentino Pérez falou ontem em conferência de imprensa e anunciou que a defesa do clube se baseia num dos artigos do Código Disciplinar da Real Federação Espanhola de Futebol.

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.