sicnot

Perfil

Desporto

Bayern de Munique sofre primeira derrota na Bundelisga na visita a Moenchengladbach

O Bayern de Munique sofreu hoje a sua primeira derrota da época na Liga alemã de futebol, ao perder por 3-1 no terreno do Borussia Moenchengladbach, em jogo da 15.ª jornada da prova.

© Ina Fassbender / Reuters


Na visita a Moenchengladbach, o técnico Pep Guardiola, que em três temporadas na Bundesliga somou a primeira derrota na primeira volta da prova, repetiu um 'onze', pela primeira vez em 100 jogos oficiais, muito por culpa das lesões de David Alaba, Thiago Alcántara, Arjen Robben e Douglas Costa.

Os golos do Borussia Moenchengladbach, que nos dois encontros da época passada venceu por 2-0 em Munique e empatou 0-0 em casa, foram todos marcados no segundo tempo.

O sueco Oscar Wendt inaugurou o marcador aos 54 minutos, Lars Stindl aumentou a vantagem aos 66 e dois minutos depois o norte-americano Fabian Johson apontou o 3-0.

Os tricampeões alemães, que somavam 13 vitórias e um empate na Liga alemã, reduziram a desvantagem aos 81 minutos, por intermédio do internacional francês Franck Ribery, que entrou em campo aos 75 minutos para o lugar de Robert Lewandowski, pondo fim a uma ausência de quase nove meses devido a lesão.

Também privado de vários habituais titulares, devido a lesões, o Borussia Moenchengladbach manteve sempre uma toada ofensiva, apesar de, sobretudo, no primeiro tempo, terem pertencido ao Bayern as melhores oportunidades de golo.

No segundo tempo, o golo de Wendt animou a equipa da casa e os dois golos em dois minutos, de Lars Stindl e Fabian Johson, anteviam um raro jogo sem golos do Bayern de Munique.

Os tricampeões, que esta temporada só tinham perdido pontos no empate sem golos com o Eintracht Frankfurt, ainda sonharam com uma reviravolta, que não chegou a concretizar-se, depois do golo de Ribery que gerou alguma desconcentração no Moenchengladbach.

O técnico André Schubert continua sem derrotas na Bundesliga desde que assumiu o comando da equipa do Borussia no final de setembro, depois da saída do suíço Lucien Favre. A formação de Moenchengladbach segue na terceira posição em igualdade pontual (26) com o Hertha Berlim, que hoje venceu o Bayer Leverkusen por 2-1.

Ambas as equipas podem ser ainda hoje ultrapassadas pelo Wolfsburgo, que recebe o Borussia Dortmund, segundo da classificação e com hipótese de reduzir para cinco a diferença pontual para o líder Bayern de Munique.

Nos outros jogos disputados durante a tarde, o Hamburgo perdeu em casa por 3-1 com o Mainz, o Augsburgo foi vencer a Colónia por 1-0, e o Ingolstadt e o Hoffenheim empataram a um golo.

Lusa

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.