sicnot

Perfil

Desporto

Imbula regressa aos convocados do FC Porto para jogo com o Chelsea

O treinador do FC Porto, o espanhol Julen Lopetegui, chamou esta segunda-feira o guarda-redes João Costa e o médio Imbula para a visita de quarta-feira ao Chelsea, da sexta e última jornada da Liga dos Campeões em futebol.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

Julen Lopetegui manteve os 18 escolhidos para o jogo de sábado, em que venceu em casa o Paços de Ferreira por 2-1, na I Liga, mas alargou a lista a 20, com a entrada destes dois jogadores, sendo que João Costa é o habitual guardião na equipa B.

De fora continua o avançado Osvaldo, que cumpriu castigo frente ao Paços de Ferreira, mas que se encontra condicionado, com uma contusão no joelho esquerdo, que o obrigou hoje a fazer apenas trabalho de ginásio e tratamento.

O FC Porto viaja para Londres hoje de tarde e na terça-feira a conferência de imprensa do técnico espanhol está agendada para as 18:30, meia hora antes do treino no relvado de Stamford Bridge.

A equipa está quase obrigada a vencer o Chelsea, de José Mourinho, para chegar aos oitavos de final da Liga dos Campeões, num jogo que terá início às 19:45 de quarta-feira e que será dirigido pelo árbitro turco Cüneyt Çakir.

Se perderem, os 'dragões', que lideram o Grupo G, a par do Chelsea (com dez pontos), podem ser ultrapassados pelo Dínamo Kiev (tem oito pontos), que, por sua vez, recebe em casa os israelitas do Maccabi Telavive, que não venceram qualquer jogo.

Um empate entre Chelsea e FC Porto e uma vitória do Dínamo deixaria as três equipas com 11 pontos (e os mesmo pontos conquistados entre si), mas os 'dragões' têm pior registo nos golos.

Lusa

  • Antevisão da jornada na Liga dos Campeões
    2:35

    Play-Off

    Esta semana há Liga dos Campeões. O Benfica prepara o jogo de amanhã frente ao Atlético de Madrid. Já o FC Porto decide quarta-feira, frente ao Chelsea, a passagem aos oitavos-de-final da competição. Os comentadores do programa Play-Off acreditam numa vitória da equipa portuguesa frente ao Chelsea de Mourinho.

  • FC Porto à procura de vitória inédita em Londres
    1:17

    Desporto

    O FC Porto parte esta tarde para Londres onde quarta-feira defronta o Chelsea na última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os portistas precisam de uma vitória sobre a equipa de José Mourinho para não dependerem de terceiros na luta pelo apuramento. O problema é que o FC Porto nunca venceu em Inglaterra.

  • PS vai continuar a procurar entendimentos à esquerda
    1:38
  • Carlos César admite diálogo "mais fácil" com PSD de Rio
    1:36

    País

    O presidente e líder parlamentar do PSD diz que o partido não precisa de novos aliados, mas acredita que vai ser mais fácil dialogar com o PSD liderado por Rui Rio, Carlos César visitou esta segunda-feira as regiões afetadas pelos incêndios do ano passado, no primeiro dia das jornadas parlamentares dos socialistas.

  • 22 mortos devido a gripe H1N1 no Equador

    Mundo

    Uma epidemia de gripe H1N1 provocou a morte de 22 pessoas no Equador, onde estão diagnosticados perto de 500 casos, anunciou esta segunda-feira o vice-ministro da Saúde, Carlos Duran.

  • Benfica é o único clube português na lista dos mais ricos
    1:34
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.

  • Os três pontos de Ronaldo
    1:16
  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC