sicnot

Perfil

Desporto

Sousa, Elias e Frederico Silva os três melhores tenistas lusos no ranking mundial

João Sousa (33.º), Gastão Elias (133.º) e Frederico Silva (287.º) mantêm-se como os portugueses melhor cotados no 'ranking' mundial de ténis, após a lista publicada hoje, liderada pelo sérvio Novak Djokovic.

João Sousa

João Sousa

reuters

Os pequenos acertos na classificação mundial não alteraram as posições dos três melhores jogadores lusos, ao contrário de Rui Machado, Romain Barbosa e João Domingues.

Rui Machado, que não compete desde meados de setembro, desceu uma posição, figurando agora no lugar 321.

Romain Barbosa, que chegou à segunda ronda do 'future' (terceiro escalão mundial) de Tallinn no princípio de novembro, 'desvalorizou' três posições, aparecendo em 499.º.

Já João Domingues sofreu uma 'queda' de 17 lugares e foi 'desalojado' do 'top-500', passando para o 511.º posto.

Os acertos desta semana no 'ranking' mundial feminino, também de 'férias', não originaram movimentações entre as mais cotadas, numa lista comandada pela norte-americana Serena Williams.

A portuguesa Michelle Larcher de Brito, fora de competição desde o 'Grand Slam' de Wimbledon, em junho, devido a lesão, manteve o estatuto de número um portuguesa, continuando classificada em 222.ª.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.