sicnot

Perfil

Desporto

LeBron James assina contrato de patriocínio vitalício com a Nike

​LeBron James, estrela da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) que alinha pelos Cleveland Cavaliers, assinou um contato vitalício com a Nike, anunciou hoje o fabricante de equipamento desportivo.

© USA Today Sports / Reuters

"Podemos confirmar que acordámos uma parceria vitalícia com LeBron que representa um valor importante para os nossos negócios, a nossa marca e os nossos acionistas", informa a Nike em comunicado, relembrando a relação dos últimos 12 anos com o duplo campeão da NBA (2012 e 2013) e quatro vezes jogador mais valioso da liga (2009, 2010, 2012 e 2013).

A Nike não fala em verbas, mas fontes citadas pela cadeia de televisão americana ESPN dizem que o contrato eclipsa facilmente os 300 milhões de dólares (cerca de 277 milhões de euros) do acordo de 10 anos assinado pela multinacional norte-americana com Kevin Durant, dos Oklahoma City Thunders.

Criada em 1972, a Nike assinou nos anos 80 um contrato de longa duração com uma das grandes figuras de então, Michael Jordan, mas nunca tinha anunciado um contrato vitalício. As vendas das sapatilhas Air Jordan ultrapassaram os 2,2 mil milhões de dólares desde o início da sua comercialização, em 1985.

A Nike, que em 2003 assinou um primeiro contrato de sete anos com James, no valor de 90 milhões de dólares (83 milhões de euros), já fez 13 versões das botas dedicadas ao jogador e espera alcançar 400 milhões de vendas em 2015.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.