sicnot

Perfil

Desporto

Benzema respeita afastamento da seleção francesa devido ao caso Valbuena

O jogador Karim Benzema, do Real Madrid, afirmou hoje respeitar a decisão da Federação Francesa de Futebol que o afastou, provisoriamente, da seleção nacional, enquanto se mantiver o processo judicial no caso de Mathieu Valbuena.

Reuters

Reuters

© Juan Medina / Reuters

"Respeito a decisão e tenho confiança no nosso presidente, Noel Le Graet", disse o jogador numa mensagem na rede social Twitter, referindo-se ao anúncio do líder máximo do organismo que tutela o futebol francês.

Pouco antes, o responsável do organismo afirmou: "Karim Benzema não será convocado até que a situação mude, até que exista algo novo no caso, é uma decisão que tomo enquanto presidente da Federação Francesa de Futebol".

O internacional gaulês, avançado do Real Madrid, arrisca-se deste modo a falhar o Euro2016, competição que é organizada pela França, por estar acusado de ter chantageado Mathieu Valbuena, seu colega de seleção, num esquema que envolverá um vídeo de cariz sexual.

A 05 de novembro, o jogador, companheiro de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, foi formalmente acusado de "cumplicidade na tentativa de chantagem" e conspiração em ato criminal, o que é punível com um mínimo de cinco anos de prisão.

Lusa

  • Benzema suspenso da seleção francesa até ser ilibado pela Justiça

    Desporto

    O avançado Karim Benzema está suspenso por tempo indeterminado da seleção francesa de futebol. A revelação foi feita hoja à tarde pelo presidente da federação francesa. O jogador do Real Madrid está acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem a um colega de seleção por causa de um filme sexual. Interrogado pela polícia, Benzema admitiu que serviu de intermediário entre a vítima, o médio Mathieu Valbuena, e o porta-voz dos chantagistas, um amigo de infância. O presidente da federação diz que Benzema só voltará a vestir a camisola de França se for ilibado do inquérito em que está envolvido ou se ele e Valbuena voltarem a poder estar juntos, algo que neste momento é proibido por uma ordem judicial.

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.