sicnot

Perfil

Desporto

Benzema respeita afastamento da seleção francesa devido ao caso Valbuena

O jogador Karim Benzema, do Real Madrid, afirmou hoje respeitar a decisão da Federação Francesa de Futebol que o afastou, provisoriamente, da seleção nacional, enquanto se mantiver o processo judicial no caso de Mathieu Valbuena.

Reuters

Reuters

© Juan Medina / Reuters

"Respeito a decisão e tenho confiança no nosso presidente, Noel Le Graet", disse o jogador numa mensagem na rede social Twitter, referindo-se ao anúncio do líder máximo do organismo que tutela o futebol francês.

Pouco antes, o responsável do organismo afirmou: "Karim Benzema não será convocado até que a situação mude, até que exista algo novo no caso, é uma decisão que tomo enquanto presidente da Federação Francesa de Futebol".

O internacional gaulês, avançado do Real Madrid, arrisca-se deste modo a falhar o Euro2016, competição que é organizada pela França, por estar acusado de ter chantageado Mathieu Valbuena, seu colega de seleção, num esquema que envolverá um vídeo de cariz sexual.

A 05 de novembro, o jogador, companheiro de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, foi formalmente acusado de "cumplicidade na tentativa de chantagem" e conspiração em ato criminal, o que é punível com um mínimo de cinco anos de prisão.

Lusa

  • Benzema suspenso da seleção francesa até ser ilibado pela Justiça

    Desporto

    O avançado Karim Benzema está suspenso por tempo indeterminado da seleção francesa de futebol. A revelação foi feita hoja à tarde pelo presidente da federação francesa. O jogador do Real Madrid está acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem a um colega de seleção por causa de um filme sexual. Interrogado pela polícia, Benzema admitiu que serviu de intermediário entre a vítima, o médio Mathieu Valbuena, e o porta-voz dos chantagistas, um amigo de infância. O presidente da federação diz que Benzema só voltará a vestir a camisola de França se for ilibado do inquérito em que está envolvido ou se ele e Valbuena voltarem a poder estar juntos, algo que neste momento é proibido por uma ordem judicial.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Primeiro-ministro sueco "surpreendido" com as declarações de Trump
    0:53

    Mundo

    O primeiro-ministro sueco ficou surpreendido com as declarações de Donald Trump, que, no fim de semana, se referiu a um suposto ataque terrorista no país escandinavo, relacionado com a imigração. Stefan Löfven fala na responsabilidade de usar os factos correctamente e diz que é preciso verificar a informação que é divulgada.

  • Angelina emociona-se ao falar da separação de Brad Pitt
    1:25
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46