sicnot

Perfil

Desporto

Figo diz que é "muito jovem" para ser presidente da FIFA

O ex-futebolista português Luís Figo afirmou hoje que é "muito jovem" para presidir à FIFA, ainda que se tenha candidatado -- e posteriormente retirado da corrida - à liderança do organismo regulador do futebol mundial nas eleições de maio.

Reuters

Reuters

© Andrea Comas / Reuters

"Neste momento não sou candidato. Não segui por essa via porque toda a gente me dizia que era muito jovem e tenho tempo para chegar a essa posição", disse Figo, durante a nomeação como membro da Academia Laureus, em Madrid.

Na altura, Figo justificou a 'saída de cena' não com o facto de ser jovem, mas por considerar que não se tratava de um "ato eleitoral normal", mas antes "um plebiscito de entrega do poder absoluto a um só homem (...) do qual o futebol não sairá a ganhar".

O suíço Joseph Blatter acabou por concorrer à presidência da FIFA com príncipe Ali bin Al Hussein, da Jordânia, tendo sido reeleito para um quinto mandato consecutivo, do qual apresentou a demissão pouco tempo depois, na sequência do escândalo de corrupção que abalou o organismo.

O ex-futebolista internacional português comentou também a polémica sobre a utilização irregular do russo Denis Cheryshev por parte do Real Madrid, no jogo com Cádis, da Taça do Rei de Espanha, que custou ao clube 'merengue' a eliminação, apesar de ter ganhado por 3-1.

"No meu tempo [de jogador], penso que alguém seria responsabilizado por isso. Pelo menos eu, quando era suspenso, tinha consciência disso e sabia que não podia jogar", observou Figo.

Lusa

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.