sicnot

Perfil

Desporto

FC Barcelona espera chegar aos mil milhões de euros em negócios em 2021

O FC Barcelona deverá alcançar um volume de negócios de mil milhões de euros em 2021, tornando-se no clube financeiramente mais poderoso do mundo, revelou hoje o presidente Josep Maria Bartomeu em entrevista ao Financial Times.

Reuters

Reuters

© Leonhard Foeger / Reuters

"Queremos ser o primeiro clube a chegar a mil milhões em vendas e esperamos que isso aconteça daqui a seis anos. Neste momento, o nosso principal rival não é um clube específico, mas o poder que o campeonato inglês tem. O FC Barcelona é único clube que tem força para poder competir financeiramente com a Premier League", afirmou o dirigente máximo dos catalães.

Este ano, é esperado que o FC Barcelona alcance os 600 milhões de euros, um valor que poderá transformar já o emblema catalão no clube com maior volume de negócios.

Em 2014, de acordo com um estudo Deloitte, o Real Madrid foi o mais poderoso nesta área, com um volume de 549 milhões de euros, seguido do Manchester United, com 518.

Bartomeu, que foi eleito em julho para um mandato de seis anos, revelou ainda que o FC Barcelona tenciona criar a sua própria universidade e vai apostar mais no desporto feminino.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.