sicnot

Perfil

Desporto

Fábregas assume responsabilidade dos jogadores na crise do Chelsea

O médio do Chelsea Cesc Fábregas reconheceu hoje a responsabilidade da equipa no atual momento de crise na Liga inglesa de futebol e 'desculpou' o treinador português José Mourinho.

Efrem Lukatsky

"Todos temos de assumir a responsabilidade. Se alguém é um grande jogador e recebe como um grande jogador, tem de jogar e comportar-se como tal", disse o internacional espanhol à Sky Sports.

No entanto, Fábregas recusou responder às declarações do seu treinador, que, depois da derrota com o Leicester na segunda-feira, confessou sentir-se "traído" pelos seus jogadores.

"Não estou a dizer que não possa acontecer uma má temporada e ter maus jogos. Todos temos grandes jogadores, uns melhores, outros piores, mas a atitude tem de ser perfeita. Temos de dar o máximo nos nossos encontros e estar sempre na parte de cima da tabela. De qualquer maneira, o comportamento tem de ser melhor do que estamos a ver neste momento em todos os jogadores do Chelsea", assumiu o espanhol.

Com a derrota frente ao primeiro classificado da 'Premier League', os 'blues', campeões em título, estão a um ponto da linha de água, depois de terem perdido nove dos 16 jogos disputados.

"Fomos nós que nos colocámos nesta posição e agora temos de demonstrar que podemos começar a ganhar para sair dela", concluiu, assumindo que a revalidação do título já não é possível.

Lusa

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00