sicnot

Perfil

Desporto

Adriano de Souza pela primeira vez campeão do mundo de surf

O brasileiro Adriano de Souza sagrou-se esta quinta-feira pela primeira vez campeão do mundo de surf, superando o australiano Mick Fanning no Pipe Masters, no Havai.

Adriano de Souza tornou-se no segundo brasileiro campeão de mundo de surf, depois de em 2014 Gabriel Medina ter alcançado o cetro, igualmente na mesma prova. (Arquivo)

Adriano de Souza tornou-se no segundo brasileiro campeão de mundo de surf, depois de em 2014 Gabriel Medina ter alcançado o cetro, igualmente na mesma prova. (Arquivo)

© Sergio Moraes / Reuters

Para se sagrar campeão, o 'mineirinho' tinha de ficar um lugar à frente de Fanning, o que conseguiu ao eliminar o havaiano Mason Ho nas meias-finais, beneficiando da derrota na mesma fase de Fanning com o anterior campeão, o brasileiro Gabriel Medina, com quem irá discutir a final.

Adriano de Souza tornou-se no segundo brasileiro campeão de mundo de surf, depois de em 2014 Gabriel Medina ter alcançado o cetro, igualmente na mesma prova.

Apesar de ter perdido o título, Medina conquistou a 'triple crown' havaiano, ao conseguir o melhor resultado nas três provas que se disputam naquele estado norte-americano.

Lusa

  • Milhares de pessoas no Mundo celebram o Natal de formas especiais e diferentes
    1:52

    Mundo

    Um pouco por todo o Mundo realizam-se eventos marcados pelas cores e símbolos do Natal. E, é claro, quase sempre com o Pai Natal. Desde corridas a pé ou de bicicleta, a mergulhos em aquários. E até uma aula de surf que ganhou um recorde mundial. Mais de 300 pessoas na Austrália entram para o Guinness vestidas de Pai Natal numa aula de surf. Na Coreia do Sul, mergulhadores num enorme aquário animam turistas natalícios. No estado norte-americano de Nova Iorque o Pai Natal atravessa rio de forma única.

  • O vestido de Jennifer Lawrence que está a dar que falar

    Cultura

    Jennifer Lawrence escolheu um vestido arrojado para usar na sessão fotografia do próximo filme e a internet reagiu. Muitas foram as críticas feitas, que davam conta de uma roupa "demasiado reveladora" para o frio que se fazia sentir em Londres. Mas Jennifer Lawrence não deixou passar, criticando os comentários "sexistas" e "nada feministas".

    SIC

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25