sicnot

Perfil

Desporto

Direção da agência russa antidopagem demitiu-se

A direção da Agência russa antidopagem (RUSADA) demitiu-se hoje na sequência do escândalo de doping que afetou o atletismo russo, tendo sido designada uma nova diretora interina.

© Maxim Shemetov / Reuters

"Demitiram-se os quatro dirigentes da RUSADA [incluindo o diretor geral, Ramil Khabriev, e o seu número dois, Nikita Kamaïev]", revelou à AFP uma porta-voz da agência, indicando que Anna Antseliovitch é a nova diretora interina.

A 13 de novembro, a Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) tinha suspendido provisoriamente a Rússia por uso generalizado de substâncias proibidas, que um relatório elaborado por uma comissão de inquérito independente da Agência Mundial Antidopagem (AMA) denunciou ter apoio estatal.

A comissão independente da AMA recomendou a suspensão da federação russa, por práticas de doping, bem como a retirada da acreditação à RUSADA, cujo diretor foi responsável pela destruição de 1.417 amostras consideradas suspeitas de práticas dopantes.

O documento elaborado pela comissão acusava também, entre outras coisas, os serviços secretos russos de intimidação dos responsáveis pela análise de amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos Sochi2014 e recomendava, igualmente, a irradiação de cinco atletas e cinco treinadores.

De acordo com uma nota publicada na página da RUSADA, Ramil Khabriev demitiu-se a 10 de dezembro, dia em que uma equipa de especialistas da AMA começou a trabalhar em Moscovo com o intuito de ajudar a Rússia a reformar as suas práticas antidopagem.

Khabriev, que dirigia, igualmente, o Instituto Nacional de saúde pública, agradeceu aos funcionários da agência pela "cooperação frutuosa" e desejou-lhes paciência.

Os outros três dirigentes apresentaram a demissão antes da do diretor geral.

Lusa

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00