sicnot

Perfil

Desporto

Jogador francês suspenso três meses por agressão a árbitro assistente

O futebolista do Bordéus Nicolas Pallois foi esta quinta-feira suspenso por três meses, por ter agredido um árbitro assistente durante o jogo da sua equipa com o Rennes, para a liga francesa de futebol.

O defesa gaulês, de 28 anos, ficará sem jogar até 22 de fevereiro de 2016. (Arquivo)

O defesa gaulês, de 28 anos, ficará sem jogar até 22 de fevereiro de 2016. (Arquivo)

© Charles Platiau / Reuters

Pallois foi punido por ter "empurrado o árbitro assistente pelas costas", refere um comunicado da Liga de Futebol Profissional daquele país, que refere ainda que o jogador foi verbalmente agressivo aquando da decisão de marcação de um penálti a favor da equipa bretã.

Assim, o defesa gaulês, de 28 anos, estará sem jogar até 22 de fevereiro de 2016, enquanto o treinador do Bordéus, Willy Sagnol, foi suspenso dois jogos, por ter sido expulso durante a partida, que terminou empatada a duas bolas.

O Bordéus está apenas três pontos acima da linha de despromoção, com cinco vitórias em 18 jogos na presente temporada.

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14