sicnot

Perfil

Desporto

PSG nos quartos da Taça da Liga francesa, Mónaco eliminado

O Paris Saint-Germain, detentor do título, apurou-se esta quarta-feira para os quartos de final da Taça da Liga francesa de futebol com um triunfo caseiro sobre o Saint-Étienne, por 1-0, numa ronda em que o Mónaco ficou pelo caminho.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

IAN LANGSDON / Lusa

No Parques dos Príncipes, a formação de Laurent Blanc, que tem sido esta temporada dominadora em França, só resolveu a eliminatória aos 86 minutos, graças a um remate certeiro do avançado uruguaio Edison Cavani, no jogo que encerrou os oitavos de final.

Antes, o Mónaco, treinado por Leonardo Jardim, foi eliminado depois de sofrer uma pesada derrota em Bordéus, por 3-0, com três portugueses na equipa titular.

Ricardo Carvalho, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro foram apostas do técnico madeirense, num encontro em que Ounas, aos 16 minutos, o uruguaio Rolan, aos 57, e o senegalês Saivet, aos 88, fizeram os golos da formação da casa.

Perante o Tours, da segunda divisão, o Lyon assegurou a continuidade na prova com um triunfo em casa por 2-1, com um 'bis' de Beauvue, enquanto Tandia fez o tento dos forasteiros.

Habitual titular do Lyon, desta vez o guarda-redes internacional português Anthony Lopes ficou no banco de suplentes.

Destaque ainda para o apuramento do Marselha, que foi ao campo do Bourg-en-Bresse, do segundo escalão, vencer por 3-2.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57