sicnot

Perfil

Desporto

PSG nos quartos da Taça da Liga francesa, Mónaco eliminado

O Paris Saint-Germain, detentor do título, apurou-se esta quarta-feira para os quartos de final da Taça da Liga francesa de futebol com um triunfo caseiro sobre o Saint-Étienne, por 1-0, numa ronda em que o Mónaco ficou pelo caminho.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

IAN LANGSDON / Lusa

No Parques dos Príncipes, a formação de Laurent Blanc, que tem sido esta temporada dominadora em França, só resolveu a eliminatória aos 86 minutos, graças a um remate certeiro do avançado uruguaio Edison Cavani, no jogo que encerrou os oitavos de final.

Antes, o Mónaco, treinado por Leonardo Jardim, foi eliminado depois de sofrer uma pesada derrota em Bordéus, por 3-0, com três portugueses na equipa titular.

Ricardo Carvalho, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro foram apostas do técnico madeirense, num encontro em que Ounas, aos 16 minutos, o uruguaio Rolan, aos 57, e o senegalês Saivet, aos 88, fizeram os golos da formação da casa.

Perante o Tours, da segunda divisão, o Lyon assegurou a continuidade na prova com um triunfo em casa por 2-1, com um 'bis' de Beauvue, enquanto Tandia fez o tento dos forasteiros.

Habitual titular do Lyon, desta vez o guarda-redes internacional português Anthony Lopes ficou no banco de suplentes.

Destaque ainda para o apuramento do Marselha, que foi ao campo do Bourg-en-Bresse, do segundo escalão, vencer por 3-2.

Paris Saint-Germain, Bordéus, Lyon e Marselha juntam-se a Toulouse, Lorient, Lille e Guingamp, que já tinham garantido um lugar nos quartos de final.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.