sicnot

Perfil

Desporto

União da Madeira passará a utilizar Estádio da Ribeira Brava em jogos noturnos

O União da Madeira, equipa da I Liga portuguesa de futebol, anunciou esta quinta-feira que passará a utilizar o estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava, de forma permanente.

Lusa

Segundo o comunicado emitido pelo clube madeirense, o "estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava, está a partir de hoje apto à transmissão televisiva em jogos noturnos, após o reforço da iluminação artificial, um investimento da ordem dos 100 mil euros, totalmente custeados pelo clube".

Recorde-se que quando na condição de visitado e tendo o jogo transmissão televisiva, em período noturno, o União da Madeira utilizava o Estádio da Madeira, pertença do Nacional, por o estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava, não reunir condições para efeito, nomeadamente por deficiente iluminação.

Neste caso, atuaram no Estádio da Madeira, Vitória de Guimarães, Braga, FC Porto e Benfica. Assim, tudo indica que o jogo com o Sporting, relativo à 14.ª jornada, a disputar no próximo domingo, às 18:15, será o último em que o União da Madeira jogará no Estádio da Madeira.

O União da Madeira atuou na Ribeira Brava apenas em três ocasiões esta temporada, para o campeonato, saldando-se por duas vitórias, com Marítimo (2-1) e Tondela (2-0) e um empate, com o Arouca (0-0).

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.