sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Real Madrid nega regresso de Mourinho "para já"

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, reiterou na quinta-feira a sua confiança no treinador de futebol Rafa Benítez e que não encara, "para já", o regresso de José Mourinho, demitido do Chelsea.

© POOL New / Reuters

"Tenho boas memórias de Mourinho, que nos elevou a um nível competitivo enorme. Em três anos, chegámos a três meias-finais [da Liga dos Campeões] e só não conseguimos alcançar a final por azar. Com ele voltámos a ocupar o lugar que nos pertencia", comentou Florentino Pérez, em entrevista à Cadena Ser.

Sobre o eventual regresso de Mourinho, agora que é um treinador livre, o presidente do Real Madrid disse que "não se pode prever o futuro", mas reforçou a confiança em Benítez.

"Temos Benítez, em quem pensámos muito para resolver um problema. Não pensamos noutro treinador", assegurou.

Pérez insistiu que Benítez chegou ao Real Madrid no último defeso "para resolver um problema e continua a ser a solução", pelo que merece "todo o crédito do mundo".

"Apesar do que tem dito ultimamente a comunicação social, quem escolhe os treinadores é o clube. Temos um treinador magnífico e um grande plantel", frisou.

Para o presidente do Real Madrid, a solução não passa por procurar um novo treinador e "dizer adeus aos três meses" que Benítez já passou no banco do clube.

"Rafa Benítez é a pessoa eleita para tirar o Real Madrid de uma situação complicada e vai fazê-lo com a colaboração de todo o plantel. É um treinador que tem todo o crédito do mundo. É desta casa e de Madrid", destacou Pérez.

O líder do Real Madrid aproveitou também para desmentir que esteja nos planos do clube 'promover' o francês Zinedine Zidane, técnico da equipa B, à formação principal num futuro mais próximo.

"Um dia, Zidane será um grande treinador, não tenho dúvidas. Será no Real Madrid, mas não hoje. Nota-se que tem aprendido em passos 'gigantes'. Vê-se que será um grande treinador", rematou.

Lusa

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.