sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho não vai passar por período sabático porque "não se sente cansado"

José Mourinho, demitido do Chelsea na quinta-feira, não pretende passar por um período 'sabático', porque "não se sente cansado, nem precisa", refere hoje a agência que o representa o treinador de futebol, a Gestifute.

© Reuters Staff / Reuters (Arquivo)

"[José Mourinho] Não vai passar por um ano sabático, ele não se sente cansado, nem precisa. É muito otimista e já está a olhar para a frente", refere o comunicado da Gestifute, do empresário Jorge Mendes.

Apesar de o clube londrino ter anunciado na quinta-feira que José Mourinho tinha deixado o clube por "mútuo acordo", a agência refere que "foi o clube que decidiu que ele deveria sair".

"Durante a sua carreira, José [Mourinho] tem, por vezes, optado deixar um clube, mas apenas no Chelsea o clube decidiu que ele deveria sair", explica o comunicado.

Enquanto não estiver definido o futuro, a Gestifute diz que José Mourinho vai ser visto, "pelo seu amor ao futebol", nos estádios, "a trabalhar e a apoiar os amigos".

"Ele não vai estar presente nos jogos de alto nível, porque não quer motivar qualquer especulação sobre o seu futuro", acrescenta a nota.

Para já, o técnico "não vai falar sobre a sua situação atual e pede à comunicação social para respeitar esta decisão".

José Mourinho deixou o Chelsea, na segunda passagem pelo clube, atual campeão, no 16.º lugar da Liga inglesa, a um ponto da zona de despromoção.

Na Premier League, o Chelsea tem apenas 15 pontos, equivalentes a quatro vitórias, três empates e nove derrotas, encontrando-se a apenas um ponto de distância da zona de despromoção.

No entanto, a formação londrina assegurou o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões, depois de terminar em primeiro lugar no Grupo G, à frente dos ucranianos do Dínamo de Kiev e do FC Porto.

Depois de ter regressado ao clube de Londres em 2013, Mourinho conquistou o terceiro título inglês pelos 'blues' em 2014/15, tal como a Taça da Liga, o que levou à renovação de contrato até 2019.

Lusa

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06