sicnot

Perfil

Desporto

Luís Filipe Vieira classifica de "escandalosa" a arbitragem do jogo com Rio Ave

O presidente do Benfica classificou hoje de "escandalosa" a arbitragem do jogo da 14.ª jornada da I Liga, com o Rio Ave (3-1), adiantando que os 'encarnados' estão atentos ao que se tem passado no futebol português.

(Arquivo)

(Arquivo)

"Gostava de ver amanhã (segunda-feira), nas manchetes dos jornais desportivos, o título roubo em letras bem grandes. Vocês, jornalistas, viram bem o que se passou hoje na Luz. E o mais estranho é que o líder dos árbitros é o mesmo da última época. Escrevam a verdade, não tenham receio", frisou Luís Filipe Vieira, na zona mista do Estádio da Luz.

Vieira deixou implícito que ficaram três grandes penalidades por marcar contra o Rio Ave e estabeleceu a ponte com o jogo Nacional-FC Porto, vencido pelos dragões.

"Vocês viram o que se passou na semana passada na Madeira. Ficaram dois penáltis por marcar contra o FC Porto, o segundo dos quais absolutamente escandaloso", sublinhou.

O presidente 'encarnado' vincou ainda que o Benfica está bastante atento ao que se está a passar na arbitragem. "Não estamos dormentes", disse.

Contundente, Luís Filipe Vieira concluiu: "Não sei se são os 'vouchers' ou se alguns jornalistas são convidados por esses clubes para alguns almoços e jantares. Repito. Nós estamos atentos e espero que vocês, jornalistas, também estejam".

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29