sicnot

Perfil

Desporto

Agente de Schumacher desmente que ex-piloto de Fórmula 1 já consiga andar

A agente de Michael Schumacher, Sabine Kehm, afirmou hoje ao diário alemão Bild que o antigo piloto de Fórmula 1 não pode andar e desmentiu a informação publicada na capa da revista Bunte sobre uma presumível melhoria da sua saúde.

© Alessandro Bianchi / Reuters

A Bunte citava fontes próximas de Schumacher para sustentar que o antigo campeão, que há dois anos sofreu um grande acidente de esqui "está muito magro, mas voltou novamente a andar, com a ajuda dos terapeutas. É capaz de dar alguns passos. E também consegue levantar um braço", escreveu a publicação alemã, uma revista da imprensa dita 'cor-de-rosa'.

"A afirmação de que pode andar não corresponde aos factos", afirmou hoje ao Bild a representante do ex-piloto, que considerou "irresponsáveis" estas "especulações".

Kehm pediu ainda respeito pela vida privada de Schumacher e da sua família, assim como sentido de responsabilidade à comunicação social que escreva sobre o estado de saúde do sete vezes campeão do mundo, quando tiver de informar sobre o seu estado de saúde.

O Bild avança ainda que contactou a Bunte e lhe fez chegar o desmentido da agente do ex-piloto, mas a revista manteve a informação.

Schumacher encontra-se em reabilitação numa casa na Suíça, onde é assistido por uma equipa de médicos e fisioterapeutas.

O acidente de que foi vítima aconteceu em dezembro de 2013, quando o ex-piloto esquiava com a sua família e amigos em Méribel, nos Alpes franceses, e, fora de pista, sofreu uma queda perigosa tendo embatido com a cabeça numa rocha.

Schumacher usava um capacete que não resistiu, pelo que o piloto sofreu lesões cerebrais graves que o mantiveram em coma induzido durante meses.

Em junho de 2014, Schumacher foi trasladado de França para um hospital suíço e em setembro a sua representante anunciou que a reabilitação do piloto prosseguia em sua casa, em Gland, na Suíça.

Nas últimas semanas e meses [Schumacher] fez progressos em relação à gravidade dos ferimentos, mas tem ainda um caminho duro e longo pela frente", afirmou Kehm nessa altura.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.