sicnot

Perfil

Desporto

Usain Bolt e Serena Williams eleitos desportistas do ano pelo jornal L'Équipe

O jamaicano Usain Bolt, campeão do mundo dos 100, 200 e 4x100 metros, e a norte-americana Serena Williams, vencedora de três 'Grand Slam' de ténis foram eleitos desportistas do ano pelo jornal francês L'Équipe.

Usain Bolt (Arquivo)

Usain Bolt (Arquivo)

© Kai Pfaffenbach / Reuters

Serena Williams (Arquivo)

Serena Williams (Arquivo)

© Carlo Allegri / Reuters

Bolt, que já tinha vencido este prémio em 2008, 2009 e 2012, sucedeu ao francês Renaud Lavillenie, do salto com vara, e superou na hierarquia o tenista sérvio Novak Djokovic, o jogador de râguebi neozelandês Dan Carter, o basquetebolista norte-americano Stephen Curry e o futebolista argentino Lionel Messi.

No setor feminino, a vencedora de Open da Austrália, Roland Garros e Wimbledon em 2015 foi a vencedora pela terceira vez, tal como em 2012 e 2013, impondo-se à nadadora norte-americana Katie Ledecky, vencedora deste galardão em 2014, à ciclista francesa Pauline Ferrand-Prevot e às esquiadoras Anna Feininger, ad Áustria, e Tina Maze, da Eslovénia.

O jornal desportivo L'Équipe atribui o prémio de "campeão dos campeões" desde 1946, inicialmente apenas para franceses, alargando-o a dimensão mundial em 1980.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.