sicnot

Perfil

Desporto

Hiddink diz que Fabregas fica no Chelsea e que precisa de todos os jogadores

O treinador holandês Guus Hiddink, que rendeu José Mourinho no comando do Chelsea, disse hoje não ter qualquer indicação da administração do clube inglês de futebol de que o espanhol Cesc Fabregas vá sair no "mercado" de inverno.

(arquivo/Reuters)

(arquivo/Reuters)

© Reuters Staff / Reuters

Hiddink, contratado até ao final da época depois de Mourinho ter sido demitido, esclareceu em conferência de imprensa que o médio espanhol continua satisfeito no clube londrino.

"Ele aparece sempre com um sorriso, o que é uma coisa que gosto de ver, quando aparecem a sorrir e não com um rosto desgastado", afirmou o holandês, em conferência de imprensa.

Dois dias depois do empate 0-0 no terreno do Manchester United, na 19.ª jornada da liga inglesa, o novo técnico dos 'blues' frisou que o clube precisa de "todos os jogadores" para continuar a recuperar na classificação.

"Precisamos de todos os jogadores até ao final da época. O Chelsea está numa situação que precisa de melhorar muito e continuar a recuperar lugares na classificação. Por isso, precisamos de todos", insistiu Hiddink.

Com 19 jornadas cumpridas, o Chelsea ocupa o 14.º lugar, com 20 pontos, três acima da zona de despromoção.

Lusa

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.