sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da FPF quer o futebol solidário com os cidadãos

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, considerou hoje que a modalidade "deverá sempre ser o terreno da solidariedade, do respeito, da inclusão, da ética, da responsabilidade social ou da alegria".

Na sua mensagem de Ano Novo, publicada na página oficial da FPF na internet, o dirigente revela ter esperança de que o próximo ano seja "ano seja igualmente próspero, repleto de alegrias, jogadas mágicas e grandes golos".

Para Fernando Gomes, "2015 foi um ano de desafio, mudança e sucesso para o futebol português".

A ideia de solidariedade unida ao futebol transparece em todo o discurso de Fernando Gomes, que realça ainda "a obrigação -- de jogadores, treinadores, clubes ou dirigentes -- de servir de exemplo aos jovens ou de amparo aos mais velhos".

"Temos a obrigação de não transigir nos valores em troca de vitórias ou de nos esquecermos do respeito ao próximo (...) e temos a obrigação, através dos nossos atos e não apenas pelas palavras, de contribuir para uma sociedade mais pacífica, próspera, feliz e otimista", conclui.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.