sicnot

Perfil

Desporto

Lei antidopagem alemã passa a prever prisão para desportistas dopados

Os desportistas alemães considerados culpados de dopagem ou detentores de produtos dopantes podem ser punidos com penas de prisão até três anos, de acordo com a nova lei alemã antidopagem, que entrou em vigor no início do ano.

Os desportistas alemães considerados culpados de dopagem ou detentores de produtos dopantes podem ser punidos com penas de prisão até três anos, de acordo com a nova lei alemã antidopagem, que entrou em vigor no início do ano. (Arquivo)

Os desportistas alemães considerados culpados de dopagem ou detentores de produtos dopantes podem ser punidos com penas de prisão até três anos, de acordo com a nova lei alemã antidopagem, que entrou em vigor no início do ano. (Arquivo)

© Ina Fassbender / Reuters

O projeto de lei do Governo alemão foi adotado em março último e recebeu entretanto o aval das duas câmaras do Parlamento em novembro, antes de ser assinado pelo Presidente germânico, Joachim Gauck.

Na opinião do presidente da Federação alemã de Atletismo, Clemens Prokop, esta lei "é um modelo mundial" e serve para "proteger os atletas e o desporto", afirmou o responsável numa entrevista a uma rádio bávara, citada pela AFP.

"É uma declaração a favor de um desporto limpo e um apoio a todos os desportistas que estão em competição sem dopagem", disse, pelo seu lado, o ministro alemão da Justiça, Heiko Maas, na altura da adoção da lei pelo governo.

A nova legislação alemã antidopagem tipifica penas de prisão até três anos para os desportistas controlados com substâncias dopantes ou na posse destes produtos, mas pode alcançar os dez anos para treinadores, médicos, ou quaisquer representantes dos desportistas envolvidos nestes processos.

A lei abrange apenas dos desportistas de alta competição, ou seja, um universo de cerca de sete mil atletas, que figuram nas listas da agência alemã de antidopagem (NADA).

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Manifestações na Venezuela fazem 29 mortos
    1:22
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • A nova mansão de Angelina Jolie

    Mundo

    A atriz Angelina Jolie terá comprado uma mansão que pertenceu ao realizador e produtor de cinema Cecil B. DeMille. A propriedade fica situada em Los Angeles, nos Estados Unidos, e terá sido vendida pelo valor de 23 milhões de euros.