sicnot

Perfil

Desporto

Guardiola revela que quer treinar em Inglaterra

O treinador do Bayern Munique, Pep Guardiola, revelou hoje que pretende treinar um clube da Primeira Liga inglesa de futebol, mas assinalou que ainda não tem "qualquer proposta" para prosseguir a carreira.

reuters

"Quero treinar em Inglaterra", disse o treinador espanhol, na primeira conferência de imprensa depois de ter anunciado que abandonaria o tricampeão alemão no fim da época 2015/2016.

Guardiola, de 44 anos, tem sido apontado pela comunicação inglesa como sucessor do português José Mourinho no comando técnico Chelsea, mas também como futuro treinador do Manchester City, que é orientado pelo chileno Manuel Pellegrini.

"Ainda não tenho qualquer proposta. Tenho a possibilidade de ir para Inglaterra. Este é um bom momento para o fazer. Ainda sou jovem e preciso de um novo desafio", sustentou o treinador espanhol.

Guardiola disse esperar que os responsáveis do Bayern Munique possam compreender a sua decisão de deixar o líder destacado do campeonato alemão no fim da temporada, considerando que o italiano Carlo Ancelotti é o "treinador ideal" para o substituir no comando do clube bávaro.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52