sicnot

Perfil

Desporto

Imprensa francesa destaca promoção de Zidane no Real Madrid

A imprensa francesa destaca hoje a 'promoção' do antigo futebolista Zinedine Zidane, "resgatado" na segunda-feira à equipa B do Real Madrid para substituir Rafael Benitez no comando técnico da equipa principal madrilena.

© Juan Medina / Reuters

O diário desportivo L'Equipe coloca o antigo internacional francês na primeira página, com o título "Real", escrevendo que "o melhor jogador francês da história foi agora glorificado no mais prestigiado dos clubes", para substituir um treinador "despedido por resultados insuficientes".

O mesmo jornal acrescenta que este cargo "estava escrito" para Zidane, uma das maiores figuras de sempre da seleção francesa, que representou entre 1994 e 2006, totalizando 108 internacionalizações e 31 golos.

O L'Equipe destaca ainda que Zidane é um "discípulo do jogo ofensivo", o oposto de 'Rafa' Benitez, criticado pelo seu estilo muito mais defensivo.

O Le Parisien também coloca o novo técnico dos merengues em manchete, com o título "O desafio louco de Zizou".

"[Zidane] unca treinou um clube profissional, mas encarregou-se do futuro do Real Madrid, um dos maiores clubes do mundo", refere o diário, deixando as questões: "Demasiado rápido? Demasiado cedo? Demasiado grande?", para este desafio "tão emocionante como arriscado".

O Le Figaro sublinha que "chegou o tempo de Zidane no Real Madrid", considerando que a promoção do francês "parecia inevitável desde 21 de novembro, quando os merengues foram humilhados no Santiago Bernabeu pelo FC Barcelona por 4-0".

Ao contrário do que parecia acontecer com Benitez, o Le Figaro considera que Zidane "vai contar com o apoio dos jogadores, a começar por Cristiano Ronaldo, não esquecendo o 'capitão' Sergio Ramos e o francês Karim Benzema".

"Por isso, Zidane não colocou os pés num campo minado", entrando na equipa principal numa altura em que o Real Madrid segue no terceiro lugar, a quatro pontos do líder, o Atlético de Madrid, e a dois do segundo, o FC Barcelona: "não é uma situação irremediável".

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.