sicnot

Perfil

Desporto

Rafa Benítez deseja "toda a sorte" a Zidane no Real Madrid

O ex-treinador do Real Madrid, Rafa Benítez, afirmou esta terça-feira que foi "uma honra" treinar o clube da liga espanhola de futebol, e desejou "toda a sorte" a Zinedine Zidane, que o substituiu no cargo.

"Como madridista, madrileno e desportista formado nos valores e prioridades desta instituição, estou honrado com a oportunidade que tive de trabalhar com estas cores", referiu o técnico espanhol.

"Como madridista, madrileno e desportista formado nos valores e prioridades desta instituição, estou honrado com a oportunidade que tive de trabalhar com estas cores", referiu o técnico espanhol.

Daniel Ochoa de Olza / AP

Em carta de despedida, divulgada publicamente, o técnico espanhol dirigiu-se também aos jogadores, dirigentes e adeptos, considerando-se um madridista: "Quero que saibam que foi uma honra ocupar este cargo, num clube que me viu crescer como futebolista, pessoa e treinador, da formação à primeira equipa".

"Como madridista, madrileno e desportista formado nos valores e prioridades desta instituição, estou honrado com a oportunidade que tive de trabalhar com estas cores", escreveu.

Rafa Benítez dirigiu-se diretamente aos seus sucessores: "Gostaria de desejar toda a sorte a Zinedine Zidane, meu substituto, e a toda a sua equipa de trabalho, assim como a cada um dos jogadores, técnicos e funcionários que trabalham para bem do clube".

O técnico concluiu com um "Hala Madrid", a mais tradicional frase de apoio à equipa, e uma frase curta e concisa, escrita em maiúsculas: "E mais nada!!!".

Lusa

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.